Dicas Tileleza Pug

 Alimentação: Nossos cães se alimentam somente da ração Super Premium. Quando filhotes devem ser alimentados à vontade até os três meses; quando jovens, deve ser fornecido + ou – 30 gramas/dia, distribuídos em duas ou três vezes ao dia, e quando adultos fornecer de + ou - 100 gramas/dia, em uma única vez ou alternadamente.

Esportes: Os Pugs compõem uma anatomia pouco indicada para práticas esportivas, por esse motivo e indicado caminhadas curtas em horários frescos.

Calor excessivo: Os Pugs são cães muito sensíveis ao calor devido ao seu focinho curto que impede que o ar inspirado se resfrie adequadamente. O calor pode levar um Pug à morte em minutos, ele entra em hipertermia. É preciso protegê-lo das altas temperaturas, evitar muito exercício e nunca transportá-lo em carros não devidamente refrigerados, procure também deixá-los sempre em lugares com sombra, ventilado e com água fresca.

Banhar e pentear:

Os banhos devem ser dados com pouca freqüência: quanto menos, melhor. NUNCA com intervalo menor do que 15 dias. Uma freqüência maior pode desencadear problemas de pele, provocados por fungos, ou outras dermatites. Após o banho, com xampu ou sabonete neutro, o cão deve ser completamente seco, com toalha e secador de cabelos, mesmo no verão. Estes cuidados devem ser tomados porque os Pugs apresentam pré-disposição a dermatites, principalmente por fungos, devido a grande densidade de pelos, o que dificulta a sua secagem.

Com relação à pelagem, deve ser escovada diariamente, para remoção de pelos mortos que, de outra forma, caem pela casa. Soltam muito pelo, principalmente no outono e na primavera. As escovadelas diárias ajudam neste processo, e evitam a sujeira excessiva da casa. Durante a escovação, pode-se aproveitar para examinar a pele e o pelo do cão, a procura de lesões e ectoparasitos, que devem ser prontamente combatidos. Uma alimentação com ração de boa qualidade é importante para evitar a queda excessiva dos pelos, até mesmo nos períodos de "muda".





Olhos: Os olhos, quando apresentarem corrimentos e/ou secreções, devem ser limpos com solução fisiológica (solução de NaCl a 0,9%). 

Ouvidos: Limpe-as periodicamente. Há produtos com esta finalidade no mercado, mas prefira que a limpeza seja feita por alguém com experiência ou se informe como fazê-la.

Unhas:  Lembre-se de que as unhas caninas são vascularizadas, tenha cuidado para não atingir seus vasos, o que causa dor e sangramento. O melhor é deixar a tarefa para alguém com experiência.

Rugas: Pelo menos semanalmente, as rugas ou pregas da cara devem ser limpas, principalmente a de cima do nariz, que é bastante profunda. O ideal é limpá-las diariamente. Isto pode ser feito com algodão ou gaze umedecido em óleo mineral neutro ou solução fisiológica. Alguns proprietários usam lenços umedecidos para limpeza facial humana ou para a higiene de bebês. É importante que o produto utilizado seja hipoalergênico e testado dermatologicamente. O ideal é testar o produto no seu cão, para ver se ele o tolera bem. Depois de limpa, a ruga deve ser completamente seca com lenços macios de papel. É muito importante manter esta ruga seca, para evitar dermatites. Os ouvidos devem ser limpos a cada semana, com um produto específico, óleo mineral neutro ou lenços umedecidos.

Muitos Pugs são alérgicos a qualquer produto que apresente perfume, inclusive lenços umedecidos e soluções tipo higiapele. Nestes casos, é recomendado que a limpeza das pregas seja feita somente com óleo mineral neutro, comprado em farmácias, ou solução fisiológica. Logo após a limpeza, as pregas devem ser bem secas com lenços macios de papel.

Higiene e Limpeza do Canil: Higiene é fundamental para uma criação de cães. Diariamente nossos cães são escovados e examinados seus ouvidos, olhos e pele. São lavados a cada 10 ou 15 dias com sabão líquido Neutro, Povidine e/ou Vetriderm Clorexidine, os ouvidos são limpos semanalmente com Vetriderm Ceruminolitico ou algodão umedecido em álcool.

Recomendamos o uso mensal de Frontline Spray ou Spot on para o controle de pulgas e carrapatos a cada 30 dias.

Nosso canil é lavado com água corrente e produtos de limpeza duas vezes ao dia e desinfetado com Proxitane ou Cloro, duas ou mais vezes por semana, dependendo da presença de filhotes ou não, usamos semanalmente lança-chamas. Usamos pé dilúvio (vasilha com espuma umedecida com Proxitane ou Cloro) na entrada do canil, para evitarmos qualquer contato com viroses.

Sinais de Doença: Contate com urgência seu médico veterinário caso seu animal apresente algum desses sintomas de doença: vômitos, apatia, falta de apetite e diarréia. Mantenha sempre seu animal assistido por um médico veterinário competente.
Todos esses procedimentos são diariamente realizados em nosso canil e aconselhamos que você faça o mesmo com o seu filhote. Temos tido nos últimos anos excelentes resultados com essa forma de criação e tratamento.